30/06/2013

Boneca de pano

Por Aline Diedrich

http://weheartit.com/entry/66461410/search?query=+room&pgx=EntryNotBoxedhttp://weheartit.com/entry/65149061/via/lovelyulia?pgx=EntryNotBoxed


A boneca de pano sorria. O disco enfeitava a parede. Pôsteres de artistas que engoliram em seco as próprias melodias. Espelhos guardavam todas as facetas e caretas. Cor. Tímpanos desprezavam o chiado do rádio. As cordas da guitarra arrebentadas. Dançaram sons imaginários em perfeita sincronia. Tantos incidentes espalhados em forma de fotografias. Aparelho de vinil como ornamento. O vidro da janela ainda preservava os respingos da tempestade. Gibis, cujos heróis sempre seriam seus ídolos com todas as loucuras, controvérsias e até vilanias. Confabulas e epifanias. Escuro, mas um vagalume fosforescia e enfurecido queria entrar. Um palhaço de plástico. Poeira, principalmente poeira. Casos que caíram no esquecimento. Casos caíram no desgosto ali mesmo tantas vezes. Réplica mal feita do quadro famoso. Três caixas de tarja preta. Faixa preta dependurada na chapeleira de madeira inibia o ladrão que nunca viria. Chapéu cartola e boné também desafiavam a Lei de Newton. Baralho, o verdadeiro vício. Zootrópio girava, girava, girava... Desenhos feitos com lápis comum deixaram borrados os dedos. Todos os resquícios da adolescência, porém ainda eram tão jovens. Alterados pelas doses de Whisky. Dois corpos não ocupam o mesmo espaço, mas gostavam de tentar.

***

http://weheartit.com/entry/46946452/search?page=2&query=Rag+doll&pgx=EntryNotBoxed
E a boneca de pano sorria. Sorria. Sorria. A boneca de pano ajeitou o olho descosturado para melhor observar tudo. E a boneca de pano tinha cheiro do perfume cítrico da garota que ocupava a cama e que, por sua vez, desfrutava do perfume do garoto num delírio que a boneca de pano jamais saberia explicar. E o coração da boneca de pano acelerou em ritmo frenético naquele golpe de despertar da completa inércia. E assim deu o primeiro passo. O segundo seria mais fácil. Vibrou diante da completa bagunça. A desordem em volta era prova do movimento constante da vida, pois tudo que fica parado, estagnado, sem embalo, acaba por perder a graça.

O impossível não existe... O impossível não existe!

38 comentários:

  1. Ótimo texto, nada é impossível se acreditarmos e lutarmos pelo que queremos!
    Sucesso com seu blog!

    ResponderExcluir
  2. Hoje parei pra ler muitos blogs... e esse foi, sem dúvidas, o melhor texto que li entre todos eles!
    Parabéns, Aline :)
    Beijão

    ResponderExcluir
  3. O impossível só existe para os acomodados ;)

    ResponderExcluir
  4. Olá!Boa tarde
    Aline
    ah... a vida, essa coisa que a gente tem em comum com todo mundo, a vida que não queremos nua, deitada na cama da rotina, queremos a vida cujo o infinito não é o limite, com os pés em terra firme , e a mente em outra dimensão... a vida e um sopro de amor com alguém que não sabe de nada, mas nos faz acreditar em tudo...que até o impossível é possível!
    Obrigado pelo carinho da visita
    Bela semana
    beijos

    ResponderExcluir
  5. “E o coração da boneca de pano acelerou em ritmo frenético naquele golpe de despertar da completa inércia. E assim deu o primeiro passo. O segundo seria mais fácil. Vibrou diante da completa bagunça. A desordem em volta era prova do movimento constante da vida, pois tudo que fica parado, estagnado, sem embalo, acaba por perder a graça”. Que bela metáfora! Que facilidade de construir imagens, que banho de que imaginação! De construir e desconstruir e reconstruir com outro arranjo,isso é arte. Delicia de leitura Aline, lindo, comovente.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. O impossível é apenas um limite para ser alcançado.

    Belo texto Aline.

    ResponderExcluir
  7. Mpssa, quanto tempo não venho aqui. Saudades desses seus textos incríveis.
    Por sina, texto incrível!
    beijos, sua linda.

    http://oicarolina.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Você escreve de forma ao mesmo tempo sutil e empolgante. Eu ia dizer "emocionante", "envolvente", "lindo", mas fiquei com medo de qualquer uma dessas 3 palavras soar melosa ou clichê demais, então fico com o "empolgante", porque foi exatamente o que seu texto me fez: ficar empolgada, alegre. Quase eufórica.

    ResponderExcluir
  9. Ola querida Aline,texto interessante e muito bem escrito.Meu grande abraço.SU

    ResponderExcluir
  10. Oii Aline,
    acho que o impossível existe sim, hihi. Belíssimo seu texto. Bastante intenso, que vai enchendo a gente enquanto lemos, sabe? Eu gostei.
    " Dois corpos não ocupam o mesmo espaço, mas gostavam de tentar."
    <33
    Obrigada pela visita lá no blog.
    ;**

    ResponderExcluir
  11. O impossível só existe pra quem não tenta.Só!

    Excelente texto.

    ResponderExcluir
  12. perfeitoo sem palavras
    http://www.dicasdadacy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nada na vida é impossível, isso é só um ponto de vista,.
    Amei o texto.
    beijos

    ResponderExcluir
  14. Texto super bacana, muito significante, a época termina, mas o que viveu nela permanece.

    ResponderExcluir
  15. O impossível existe para aquele que não quer tentar ^.^

    ResponderExcluir
  16. Quando julgamos algo por ser impossível é porque temos medo para tentar fazer acontecer. Realmente não existe impossível e todo mundo já deveria ter certeza disso. A vida nos prova todos os dias que impossível é só um conceito criado para enganar os medrosos.

    Amei o texto. Você é incrível!
    Beijos,
    Monique Premazzi.

    ResponderExcluir
  17. Quando leio textos bons assim me parece que qualquer comentário que eu possa fazer será tosco. Então vou me contentar em dizer que o texto está fantástico, rs. Sério, de onde vem a criatividade? Pra essas coisas eu sou uma negação! XD

    ResponderExcluir
  18. Mais um ótimo texto, a descrição de um lugar, um quarto e todas as suas lembranças em cada detalhe.
    petalasdeliberdade.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Nada do que eu comente terá mais significado do que a ultima parte do texto "A desordem em volta era prova do movimento constante da vida, pois tudo que fica parado, estagnado, sem embalo, acaba por perder a graça.". Lindo somente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Olá, passei apenas pra dizer que já estou te seguindo e voltarei aqui futuramente pra fazer comentários sobre os posts.
    Seu blog é maravilhoso, convido você e suas leitoras a conhecer meu blog
    http://toobege.blogspot.com.br/
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  21. O impossivel é só questão de opinião não dizia Chorão? ^^

    Excelente texto

    Beijos

    Rimas Do Preto

    ResponderExcluir
  22. Ai que texto bacana!!!!!
    Adorei e vou ficar por aqui!
    já te salvei no meu reader! hehehe

    Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Uma vida,dentro de um quarto empoeirado...ciclos,sentimentos,vontades...Concerteza teu texto se sobressai de tantos outros que leio pela semana...Sua linguagem multifocal nas situações vividas,são um espetáculo para as mentes inquietas!!!
    ABRAÇO...sou seu fã!!

    ResponderExcluir
  24. É a primeira vez que eu visito esse blog, gostei bastante do conteúdo e do layout.

    Quanto à postagem, acho que você escreve muito bem, coisa bem rara nesse tempos de internetês.

    Grande abraço,
    Almir Ferreira
    Rama na Vimana

    ResponderExcluir
  25. Certas narrativas oferecem ao leitor não apenas muito mais que palavras, mas permitem o mergulho na cena, inquietam a mente de quem lê, provocam o pensamento e as reflexões. Seu texto permite essa viagem, é maravilhoso.

    O impossível só existe pra quem permanece parado de braços cruzados.

    Abraços, Aline.
    www.eraoutravezamor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Adorei o post!
    Gostei da parte "Um palhaço de plástico. Poeira, principalmente poeira." e desta outra, no final: "Dois corpos não ocupam o mesmo espaço, mas gostavam de tentar."
    Parabéns pelo blog, bem fofinho (:
    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. O impossível não existe...e os últimos acontecimentos nas ruas do Brasil mostram bem isso...uma sociedade que nunca se importou muito para a política acordou de forma firme e decidida.

    Os protestos no Brasil lembram a boneca de pano que sentiu seu coração batendo e viu a desordem em sua volta.

    Nada é impossível, só precisamos arriscar!

    ResponderExcluir
  28. ótimo texto mesmo! parabéns!

    Obrigado pela visita no meu blog : )
    Pode voltar mais vezes sempre que quiser!

    ResponderExcluir
  29. Nada é impossível para quem acredita. Ótimo texto.

    ResponderExcluir
  30. Ótimo!!

    Bjks

    http://un-necessary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Temática do blog muito boa, muito feminino, delicado, simples, romântico. Mulheres tem que ser femininas! Isso que está faltando no Brasil!

    ResponderExcluir
  32. Talvez o mundo esteja precisando mesmo que mais bonecas ajeitem o olho para melhor observar o mundo! ótimo texto! Muito profundo, todos! Sucesso!

    http://canecaquente.blogspot.com.br/
    FB

    ResponderExcluir
  33. Finalmente uma poeta em nosso meio. Seja bem-vinda Aline, recebi teu pedido de amizade no Dihitt.

    ResponderExcluir
  34. Adorei este texto, e o impossível realmente não existe, basta acreditar.
    http://meninamulhercomglitter.blogspot.com
    FB

    ResponderExcluir