02/11/2011

Arranha-céu

Por Aline Diedrich

Queria tirar os pés do chão, tocar o céu e arrancar uma estrela escondida pelas nuvens mal-desenhadas. Então percebeu, através das vidraças, outras luzes acesas e olhos perdidos que tentavam encontrar algo no firmamento: um delírio, talvez.

Não sabia de onde vinham o cheiro cítrico no ar e o gosto de veneno doce na boca que lembravam sensações passadas, absurdas demais para serem reveladas a alguém. Enquanto o sopro que sentia no rosto era o mesmo do vendaval de verão que havia arrastado e levado embora os rascunhos de sua história.

Perdeu mais do que ganhou, é verdade, mas as derrotas não passavam de meros tropeços de quem recém aprendeu a andar. Colecionava também frases jamais pronunciadas e lamentava por nunca ter aprendido dizer adeus.

Olhou para baixo, num espaço habitado somente por postes e poças - os resquícios da chuva. Não importa quão alto fosse o prédio, jamais entendeu porque chamavam de arranha-céu. Fechou a janela para pisar firme novamente no chão. Lá dentro, apenas objetos.

... E pensamentos da madrugada de só mais um pedaço dos sete bilhões de pedaços.


36 comentários:

  1. Não sei se interpretei certo, mas seu texto em forma de entrelinhas mostrou a vida, feita de ilusões, sonhos e lutas. Do que vivemos um dia, o que erramos, e como levantamos, mostrando ao total a tragetória de vida que todos os seres humanos passam, é isso?
    Ótimo Blog, abraços

    ResponderExcluir
  2. muito bom! nos faz pensar sobre do q o homem se acha capaz e do q ele realmente é

    ResponderExcluir
  3. legal o texto...muito bem escrito...agora somos 7 bilhões....muitas gente...eee

    ResponderExcluir
  4. O texto foi mutio bem escrito, parabéns. Ele nos faz avaliar nossas vidas e tentar descobrir onde nos encaixamos nesse planeta.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom seu texto. Alias cada vez que eu venho aqui me surpreendo.
    Me fez repensar sobre a trajetória de todos esses bilhões de seres que andam sem parar como se não soubessem para onde ir.


    http://odespertardumsonho.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Verdade, bastante profundo e bem escrito o texto. =)

    ResponderExcluir
  7. Queremos tantas coisas que acabamos perdendo demais, e de repente nos encontramos à beira de uma janela, observando o mundo lá fora: nossas escolhas se transformando em consequências. E nos sentimos tão impotentes ao nos depararmos com tudo isso. Como um arranha-céu, que na verdade não chega nem perto do começo.
    Amei seu texto. Bjo.

    http://miasodre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Nossa,gostei muito.
    Lendo,ele me trouxe inúmeras sensações,muito bem escrito !

    ResponderExcluir
  9. Olhar para o céu tirar um pouco da alegria daquelas estrelas do quão que brilham, para eliminar lembranças talvez doloridas ou não, xD


    beijos

    ResponderExcluir
  10. Adorei os teus textos
    parabéns
    http://www.provasetrapacas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Gosto disso: pensamentos no alto e pés no chão. A gente sonha em meio ao caos de nossas vidas e está aí, o que ainda brilha em nós: o poder de imaginar alcançar o inalcançável. ♥

    ResponderExcluir
  12. nossa, ficou realmente muito bem escrito, gostei muito da sincronia e tudo mais *-*

    ResponderExcluir
  13. Serve para o homem saber o seu sugar seus limites. visite: www.inforblogba.tk seguindo se gostar do meu blog seja seguidora também Bjs.

    ResponderExcluir
  14. aDOREI O TEXTO FLOR, VC ESCREVE MUITO BEM, EM CERTAS PARTES ME ENXERGUEI NELE, BEIJOS.


    tem sorteio rolando lá no blog, passa lá? http://nacaoesmaltada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Gostei bastante do texto...vc escreve super bem!!

    Seguindo...
    Passa lá meu tbm

    http://www.my-literarylife.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. Gostei bastante e fiquei intrigada com a frase final. Me fez pensar, nesse pedaço entre sete bilhões... Muitas vezes nos sentimos perdidos...

    ResponderExcluir
  17. lindo o texto
    Seguindo ;)
    http://taynabarrack.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Eita texto inteligente pra caramba viu, seus textos Às vezes fazem a cabeça doer de tao complexos que sao.

    Parabens, seu blog é foda :D

    ResponderExcluir
  19. Que lindo!
    passei por algo parecido a um tempo a trás, 'perdi mais do que ganhei' mas hoje eu posso ver que se ainda tivesse tudo, não seria tão bom como está sendo poder recuperar tudo de novo que há na minha vida!

    lindo lindo
    se puder vai em: http://oicarolina.wordpress.com/2011/11/07/ou-sabe-se-la-o-que/#respond

    ResponderExcluir
  20. Que texto mais bem escrito
    me acalmou e me trouxe sensaçoes nunca vivenciadas
    sençasoes magicas;

    ResponderExcluir
  21. adoro seu blog , muito bom
    se quiser parceria eu aceito
    http://provasetrapacas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Aline, as palavras são como uma droga que nos alivia assim que saem de nossas bocas ou escritas por nossos dedos, sou uma fã de histórias, crônicas e poemas e como grande adepta de blogs assim estou te seguindo!

    Adorei suas histórias.
    Grande beijo
    NP

    ResponderExcluir
  23. Ah, como é bom ler o que vc escreve! É o blog que eu mais gosto de seguir. Suas ideias são profundas e suaves ao mesmo tempo, escreve bem e de um jeito que dá para respirar a cada linha! Perfect! Afinal, pq arranha-céus têm esse nome? Talvez pela plenitude da evolução do homem, que com os sonhos ascendem ao infinito!

    ResponderExcluir
  24. Aee parabens pelo blog , to te seguindo , agora é com voce ! me segue la tambem !

    manolofailbr.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Nossa!!!!! adoreiii... você escreve muito bem...
    to te seguindo!!

    ResponderExcluir
  26. ooi, parabéns pelo blog.
    o jeitinho que você se expressa nas palavas é muito tocante!

    estou indo seguir, se poder retribuir...eu agradeço mto: www.ilovetubes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  27. Sempre que perdemos, ganhamos forças e impulsos para ir mais além, mesmo com dificuldades.
    Adorei a profundidade das palavras.
    Parabéns Aline.

    ResponderExcluir
  28. Nossa, Aline, me descreveu hoje. To pura sensibilidade :(

    Passei aqui pra ler o texto, visitar o blog e aproveitar pra te convidar pro sorteio de mês-aniversário do blog!! Bora lá? Participa!

    http://seeufosseallice.blogspot.com/2011/11/sorteio-colar-mimimi.html

    beeijo!

    ResponderExcluir
  29. Parabéns pelo seu blog, venho aqui por meio deste comentário divulgar a loja Boutique Vintage, onde você encontra tendências de moda e retrógrada.
    http://boutiquevintage.tanlup.com

    ResponderExcluir
  30. É VERDADE!! Concordo plenamente com a última frase, apenas mais um pedaço.
    http://oicarolina.wordpress.com/
    :***

    ResponderExcluir
  31. Cada vez que visito o seu blog eu me surpreendo. Adoro o jeito como você escreve. Seu textos são tão reflexivos e relaxantes. Concordo em particular com este, principalmente com a conclusão dele. Apenas um pedaço.

    ResponderExcluir
  32. Seus textos realmente são belíssimos...

    ResponderExcluir
  33. Amei o texto. Muito bem escrito :)

    http://thebookofmydreams.blogspot.com/

    ResponderExcluir